Luigi Bosio

Luigi Bosio

Biografia Sumária do Servo de Deus Padre Luigi Bosio
(1909-1994)

O Servo de Deus Padre Luigi Bosio nasceu em Avesa, província de Verona, em 10 de abril de 1909, quarto filho de Umberto, pequeno proprietário de terras, e de Regina Avesani, lavadeira. Do matrimônio de Umberto e Regina nasceram Teresa, Luigi (1906-1908), Maria, Luigi, Flora.
Luigi frequentou a escola primária em Avesa, tendo como professor Padre Lino Chiaffoni. Em 1919 ele entrou no seminário onde frequentou os cinco anos do curso ginasial. Em 1924 começou os três anos do ensino médio de humanas e a partir de 1927 os quatro anos de teologia. As suas notas melhoravam sempre até que ele se tornou um dos alunos mais brilhantes. Em 1° de novembro de 1931 ele foi ordenado sacerdote. Em 1932 foi nomeado vigário de Legnago, onde permaneceu até 1937, quando foi transferido para a igreja de Presina ainda como vigário. Com a elevação de Presina de reitoria a paróquia, em 1° de março de 1939 tornou-se o primeiro pároco.
Em 9 de junho de 1940 tomou posse da paróquia de Belfiore, intitulada aos mártires Vito, Modesto e Crescência. Ele tinha então 31 anos. Na casa paroquial viviam com ele os seus pais e sua irmã Maria. Em 14 de junho de 1943 foi colocada a primeira pedra da nova igreja de Belfiore, intitulada à Natividade de Jesus. O altar maior foi consagrado em 25 de março de 1947 e o altar de Nossa Senhora em 25 de março de 1952.
O último trabalho realizado pelo Servo de Deus na igreja da Natividade de Belfiore foi o Studium Pietatis, uma capela de inverno, inaugurada em 27 de dezembro de 1966. O projeto da igreja é do arquiteto Domenico Rupolo, ao qual se juntou a partir de 1945 o arquiteto Franco Spelta. Os artistas que trabalharam no interior da igreja foram Gino Legnaghi, Nereo Costantini e Moreno Zoppi.
O período de permanência de padre Luigi a Belfiore uniu um pastor de extraordinária espiritualidade e sensibilidade litúrgica, uma comunidade que permaneceu fortemente marcada pela sua presença e uma igreja – edifício que aparece como uma síntese de pedra da comunhão espiritual com o pastor.
Em 12 de dezembro de 1969 o Servo de Deus Giovanni Ciresola foi a Belfiore para entregar-lhe a carta na qual o Bispo Dom Giuseppe Carraro, lhe comunicava a decisão de dispensá-lo da função de pároco. Padre Luigi despediu-se de Belfiore durante uma missa solene em 8 de março de 1970.
A sua fama de sacerdote santo, já conhecida nos anos que passara nas paróquias da província, especialmente em Belfiore, se consolidou definitivamente durante os vinte e quatro anos que permaneceu como canônico da catedral de Verona.
Ele faleceu em 27 de janeiro de 1994, às 20.55 na Clínica Geriátrica de Borgo Trento, depois de uma longa enfermidade que durante 10 anos o tinha feito sofrer muitíssimo.
O funeral de padre Luigi Bosio foi celebrado pelo Bispo Dom Attilio Nicora na catedral de Verona em 31 de janeiro de 1994. Ele foi sepultado no cemitério monumental de Verona, na área reservada para os canônicos. Sobre o seu túmulo encontram-se sempre muitas flores e cartas com testemunhos de graças alcançadas que mostram a ininterrupta peregrinação de devotos que não se esquecem dele.

Autor da Causa: Diocese de Verona

Iter da Causa:
Fase Diocesana
Diocese de Verona
-Pesquisa Diocesana: 2009-2012
Fase Romana
-Entrega dos Atos da Pesquisa: 31 de janeiro de 2012

(Italiano)
Sito registrato nella

(Italiano)