Donizetti Tavares de Lima

Donizetti TAVARES DE LIMA-1


Biografia Sumária do Servo de Deus Dio Donizetti Tavares de Lima
(1882-1961)

O Servo de Deus Donizetti Tavares de Lima nasceu em Cássia (MG) em 3 de janeiro de 1882. O seu pai era advogado e sua mãe professora. Ele era ainda criança quando sua família se mudou pra o Estado de São Paulo. Aos 12 anos ele entrou no seminário episcopal, onde recebeu o encargo de organista e professor de música dos seminaristas. Três anos mais tarde transferiu-se no Colégio Monsenhor João Soares, mas teve que voltar no seminário onde esteve para ensinar música.
Em 1900 começou o curso preliminar na faculdade de direito e 1903 os estudos filosóficos e teológicos em preparação ao sacerdócio. Incardinado na Diocese de Pouso Alegre, ele foi ordenado sacerdote em 12 de julho de 1908 e destinado ao serviço pastoral na Paróquia São Caetano. Pouco depois, em seguida do novo bispo, mudou para a Diocese de Campinas e por quase um ano foi vigário em Jaguari. Em 1909 foi nomeado pároco em Vargem Grande do Sul, na Diocese de Ribeirão Preto.
Padre Donizetti realizou um intenso apostolado e exerceu uma notável influência na vida social da cidade; defendeu os pobres, e os ricos o acusaram de ser comunista. Construiu a igreja paroquial e as capelas de Nossa Senhora Aparecida e de São Benedito. Em 1926 ele se tornou pároco da Paróquia Santo Antônio em Tambaú. Ele se doou para os pobres, velhinhos, doentes e crianças. Construiu o Asilo São Vicente de Paula para os velhinhos sem família. Foi o pároco de todos, partilhando os problemas do seu povo. Comprou terrenos e casas para quem não tinha nada.
Por algum tempo (1955) foi o centro de um grande movimento popular; as pessoas eram atraídas pela fama dos seus poderes taumatúrgicos. Mas ele mesmo quis reprimir o fanatismo popular e por fim às peregrinações. O Servo de Deus morreu santamente no dia 6 de junho de 1961. Atualmente ele está enterrado na Paróquia de Tambaú, construída por ele. O seu túmulo é frequentemente visitado por fiéis e o aniversário da sua morte é recordado todos os anos com a participação de milhares de fiéis vindos de todo o Brasil.

Autor da Causa: Diocese de São João da Boa Vista

Iter da Causa:

Fase Diocesana

Diocese de São João da Boa Vista
– Pesquisa Diocesana 1992-2009

Fase Romana

– Entrega dos Extratos da Causa: 3 de junho de 2009
– Validade Jurídica: 29 de outubro de 2010
– Nomeação do Relator Padre Alfredo Simón, O.S.B.: 21 de janeiro de 2011


(Italiano)
Sito registrato nella

(Italiano)