Benigna Conceiçao Santos

Benigna Conceiçao Santos


Biografia Sumária da Serva de Deus Irmã Benigna Vítima de Jesus
(1907-1981)

A Serva de Deus Irmã Benigna Vítima de Jesus nasceu em 16 de agosto de 1907 em Diamantina (MG). Nascida em uma família simples, seus pais, Joaquim Antônio dos Santos e Eulália dos Santos, escolheram para ela o nome de Benigna Conceição Santos. Ela aprendeu com eles os verdadeiros valores cristãos, participando assiduamente da Santa Missa e de outros atos de devoção. Desde pequena ela manifestou a vocação para a vida religiosa e sua família sempre a apoiou no caminho vocacional. Foi catequista e tocava violão para animar o canto nas Missas; em seus companheiros de infância e juventude ela despertava um grande amor pelas coisas de Deus.
A Serva de Deus optou por entrar numa congregação religiosa de Minas Gerais, as Irmãs Auxiliares de Nossa Senhora da Piedade. Em 11 de fevereiro de 1935, memória de Nossa Senhora de Lourdes, Maria da Conceição Santos entrou no Noviciado e em 19 de março de 1936, Solenidade de São José, ela professou seus primeiros votos religiosos, passando a se chamar Irmã Benigna Vítima de Jesus.
Ela iniciou seu apostolado na Casa de Caridade Manoel Gonçalves de Souza Moreira em Itaúna (MG) e diplomou-se em enfermagem. Em 6 de janeiro de 1941 professou os votos perpétuos, dedicando-se sempre mais à oração e à assistência ao próximo. Em 1º de janeiro de 1943 foi nomeada superiora da comunidade religiosa de Itaúna, continuando sempre a trabalhar no hospital. Em seu novo cargo, fundou uma maternidade que dava assistência às mães carentes. Além de assistir os doentes em suas necessidades corporais, ensinava-lhes o catecismo, a devoção a Maria e a rezar o terço.
Em 1948 foi transferida para Caeté (MG), para trabalhar no Asilo São Luís. Neste tempo começaram os seus sofrimentos físicos; ela oferecia tudo pela santa Igreja, pelos sacerdotes e pelos pecadores. Em 1950, Irmã Benigna foi designada a prestar serviços em um Asilo-Hospital em Lambari (MG), onde desenvolveu um grande trabalho como parteira e enfermeira. Dedicou-se com amor especial aos mais pobres e necessitados, obtendo a conversão de tantas pessoas para Deus.
Em 1955 a Serva de Deus foi transferida para o Colégio Nossa Senhora de Lourdes em Lavras (MG). Ela trabalhou muito com as famílias e sobretudo com os alunos do colégio, jovens e crianças, aos quais ensinava a fé cristã. Em 1960 Irmã Benigna foi transferida para Sabará (MG), para trabalhar na Santa Casa de Misericórdia. Lá ela dedicou seu tempo, sua afeição e todo seu amor não somente aos cuidados dos doentes, mas à catequese dos médicos e dos pacientes. Irmã Benigna ensinava aos médicos, doentes e moradores que, por intermédio de Jesus e de Nossa Senhora, tudo podia ser alcançado. Inúmeras pessoas receberam benefícios e foram curadas através das suas orações. A Serva de Deus ajudava muito as pessoas que vinham até ela, até mesmo de outras cidades, com suas orações e sábios conselhos.
Em 1963 Irmã Benigna voltou a prestar seus serviços no Asilo São Luís, lá permanecendo até 1966. Naquele ano foi novamente chamada a viver em Lavras para ajudar na reconstrução do Lar Augusto Silva, onde viveu os últimos dezesseis anos de sua vida. Sua chegada foi uma bênção para os velhinhos, órfãos e crianças necessitadas, as quais ela tratava sempre com um sorriso largo, irradiando alegria e fé. Ela tinha muitos amigos em Belo Horizonte, Lavras e outras regiões de Minas Gerais, e estes sempre a amparavam nas dificuldades econômicas. Ela conseguiu em pouco tempo reconstruir e organizar não somente o asilo, mas também um albergue para pessoas abandonadas, um orfanato e um consultório odontológico para os pobres. As conversões eram numerosas e a todos ela ensinava a mais terna devoção a Nossa Senhora e a rezar o terço e a Salve Rainha. Os devotos aumentavam sempre mais.
No dia 30 de junho de 1977, em reconhecimento aos trabalhos prestados à comunidade de Lavras, a Câmara Municipal, por votação unânime, conferiu a Irmã Benigna o título de cidadã honorária.
Em 16 de agosto de 1980 Irmã Benigna, com a ajuda dos amigos e com grandes sacrifícios, inaugurou a Capela de São José, permitindo que as Missas fossem celebradas para os velhinhos do asilo num local mais próximo. No dia 16 de agosto de 1981, em homenagem a Nossa Senhora de Lourdes, ela inaugurou uma linda gruta, em frente à capela. A missão que Deus lhe tinha confiado já estava bem encaminhada, muitos grupos de oração se reuniam com regularidade pra rezar o terço.
Na noite de 12 de outubro Irmã Benigna foi internada em Belo Horizonte, com fortes dores no peito e um marca-passo foi colocado no seu coração na tentativa de salvar-lhe a vida. Mesmo com a saúde bastante debilitada, ela, no leito daquele hospital, rezava com cada um que a procurava. O seu estado de saúde se agravou e em 16 de outubro de 1981, após uma vida de entrega, doação e partilha, entregou santamente sua alma a Deus, assistida por suas irmãs e acompanhada pela oração de tantas pessoas que ele tinha ajudado e consolado. Sua obra havia terminado aqui na Terra.
A fama de santidade que a Serva de Deus tinha em vida não diminuiu. Os devotos continuam a pedir sua intercessão junto a Deus, visitando diariamente seu túmulo no Cemitério do Bonfim, em Belo Horizonte. São incontáveis os grupos de oração que levam o seu nome em todo Brasil. Para continuar a sua obra foi fundada a Associação dos Amigos de Irmã Benigna.
Irmã Benigna é carinhosamente chamada pelos seus devotos a “Santa da Hora”, além de ser para eles a “Santa da Salve Rainha e da Fartura”, devido à força de sua intercessão. Todas as segundas-feiras, a partir das 14h, fiéis se reúnem em oração em seu túmulo, onde é celebrada a Santa Missa e rezada, em seguida, a Novena de Nossa Senhora do Rosário de Pompéia, no desejo imenso de que, dentro em breve, ela seja realmente contada entre os santos da Igreja Católica.

Biografias:

C.I.A.N.S.P-AMAIBEN, Irmã Benigna.

Mariano, M., As mais belas histórias de Irmã Benigna, AMAIBEN, Belo Horizonte, 1996.

Autores da Causa: Congregação das Irmãs Auxiliares de Nossa Senhora da Piedade – Associação dos Amigos de Irmã Benigna.

http://www.irmabenigna.org.br/

(Italiano)
Sito registrato nella

(Italiano)


(Italiano)