Beata MARIA CLARA DO MENINO JESUS

Beata Maria Clara del Bambino Gesù

Resumo Biografico da
Beata MARIA CLARA DO MENINO JESUS
(ao sec. Libânia do Carmo Galvão Mexia de Moura Telles e Albuquerque)
(1843-1899)

Foi a visão tão impressionante de muitos pobres, macilentos e tiritando de frio, sofrendo as intempéries de um rigoroso inverno português que fez a Venerável Serva de Deus Maria Clara do Menino Jesus exclamar desta maneira. Com o coração inquieto, a partir daquele momento, só pensou em como abrigar tanto sofrimento sob o manto da caridade, numa acção que a verá incansável até ao fim da vida.
Nascera a 15 de Junho de 1843, na Quinta do Bosque, Amadora, Portugal, de família nobre, religiosamente praticante. Recebera, no baptismo, a 02 de Setembro de 1843, um nome de família: Libânia do Carmo Galvão Mexia de Moura Telles e Albuquerque. Com o testemunho cristão de seus pais, Nuno Tomás de Mascarenhas Galvão Mexia de Moura Telles e Albuquerque e Dona Maria da Purificação de Sá Carneiro Duarte Ferreira, bebera a seiva evangélica e aspirara o suave perfume do bem. Vivera uma infância feliz, envolvida na ternura e orientada nos sãos princípios católicos. A adolescência, porém, foi atravessada por duros sofrimentos, ocasionados pela morte precoce dos pais, que amadureceram a sua rica personalidade e a impeliram a agir em favor do próximo. Cinco anos de convivência com as religiosas de S. Vicente de Paulo, as Filhas da Caridade, deixariam na sua vida a marca da doação sem reservas.
Atraída pela vida religiosa, especialmente pelo Evangelho das Obras de Misericórdia, investiu todo o seu amor no serviço de Deus, dedicando-se aos pobres, a sua gente. Com o Padre Raimundo Beirão, que a orientou e animou, a 03 de Maio de 1871, fundou a “Congregação das Irmãs Franciscanas Hospitaleiras da Imaculada Conceição”. Num curto espaço de tempo, pela afluência de vocações, florescerão muitas obras, hoje expandidas até Angola, Índia, Guiné [e] Cabo Verde, Moçambique, S. Tomé, Brasil, Estados Unidos, México, Filipinas, Timor Leste, além de Espanha e Itália, onde as suas filhas cuidam dos mais necessitados, aplicando assim o ensinamento e o exemplo da Fundadora.
Derramava a sua caridade sobre todas as pessoas, indistintamente. Abrigava em seu coração, de modo especial, os doentes, os idosos, as crianças abandonadas. Toda a espécie de necessidades a que pôde valer conheceram a sua caridade e a sua abnegação.
Animou as suas obras apostólicas com a oração, o conselho e um grande espírito de sacrifício. Em todas as circunstâncias, demonstrou uma generosidade sem medida e disponibilidade incansável para com todos. Gastou a sua vida com amor e por amor.
A Venerável Serva de Deus Irmã Maria Clara faleceu no dia 1 de Dezembro de 1899, com cinquenta e seis anos de idade, vinte e oito dos quais à frente da Congregação por ela fundada, em tempos marcados por graves perturbações políticas e por leis que não favoreceram a acção evangelizadora da Igreja.
A sua fama de santidade atravessou os anos, por isso, em 18 de Dezembro de 1995, em Lisboa, foi aberto o Processo para a Causa da sua Canonização. Os Consultores Teólogos, reunidos no Congresso Peculiar de 1 de Fevereiro de 2008, reconheceram heróicas as suas virtudes e assim julgaram os Padres Cardeais e Bispos no Congresso Ordinário de 7 de Outubro de 2008. A 6 de Dezembro de 2008, Nós mesmo autorizámos a Congregação das Causas dos Santos a publicar o respectivo decreto. Em vista da Beatificação foi apresentada a cura da senhora Georgina Troncoso Monteagudo que sofria de pioderma gangrenoso há 34 anos. A Consulta Médica de 14 de Janeiro de 2010 julgou tal facto cientificamente inexplicável. Os Consultores Teólogos atribuiram tal cura à intercessão da Venerável Serva de Deus Irmã Maria Clara no Congresso Peculiar de 15 de Junho de 2010 e assim julgaram também os Padres Cardeais e Bispos reunidos no Congresso Ordinário de 7 de Dezembro de 2010. Assim, Nós mesmo autorizámos a Congregação das Causas dos Santos a promulgar o decreto super miro a 10 de Dezembro de 2010 e estabelecemos que o rito da beatificação fosse realizado em Lisboa (Portugal) a 21 de Maio de 2011.

(Italiano)
Sito registrato nella

(Italiano)